Buscar
  • Cláudia Andrade

Aprender a Fazer!

Atualizado: Jun 3

Os quatro pilares da Educação, são conceitos de fundamento da educação, baseados no Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI, coordenada por Jacques Delors. Um desses pilares é o APRENDER A FAZER.

Há muito venho dialogando sobre práticas educativas ultrapassadas, cartesianas e de mera repetição de contextos que nada se identificam com os tempos atuais e nem com as crianças que estão hoje nas salas de aula. O frescor da educação instigante e motivadora anda a léguas, da vida real.

Relendo sobre os Quatro Pilares, vejo o quanto nos é oportuno o tissunami que vivemos, em tempos tão desafiadores. Agora, declaradamente e sem outra opção, tivemos que Aprender a Fazer. Todos nós! Juntos!

Estamos aprendendo a fazer aulas, através de um novo código de comportamento estudantil. Código este que convida educadores, pais e mães a darem as mãos, selando o compromisso intransferível da educação de cada criança, cada filho, cada aluno.

Aprender a fazer é se dispor a sair da mesmice, superando o aprendizado meramente repetivivo e se lançando ao que o novo traz de riqueza, e jeitos, e formas de experimentar tantos conhecimentos.

As crianças nascidas pós ano 2000, cheias de vivacidade, empatia e propósitos vão muito além de uma sala de aula lotada, com programas e currículos que não mais são capazes de motivá-las. Assistir a um bom vídeo em casa, criar um objeto proposto na aula de Artes, ouvir uma música, ler uma poesia, interpretar ações e comportamentos cotidianos, participar de um game com desafios, fazer uma culinária... são sugestões que inevitavelmente passarão a fazer parte das práticas das escolas que quiserem sobreviver, quando voltarmos as aulas presenciais. As que já têm esta prática porém, continuarão a sua caminhada com mais força.

Escolas transformadas, com educadores transformados, porque também aprenderam um novo jeito de fazer: gravando vídeos, visitando museus do mundo virtualmente, comparando gráficos ambientais, produzindo lives e conteúdos, se encantando com a descoberta de novos conhecimentos, como seus alunos curiosos e humanos.

Tudo muda, tudo se transforma e o chamado, tardio, da educação, haveria de chegar.

Aos pais, desejo serenidade e resiliência, ampliação dos olhares e coragem, porque no fundo, no fundo, toda essa onda avassaladora trará frutos muitos positivos para a vida saudável que vocês querem, para todos os seus filhos.

Esse tempo novo, é de responsabilidade de todos que estão vinculados a processos educativos, reconhecendo o passo, onde cada um se desenvolve, aprende, adquire novos hábitos, se modifica, se transforma, em todos os momentos da vida e não apenas num local de prática pedagógica organizada.

Assumiremos a nossa condição de seres possíveis, utilizando as ferrramentas que já temos, mas deixando aberta a janela das possibilidades para um futuro cada vez mais assertivo, amoroso e pleno.

Iniciamos de fato uma nova era educacional: ativa, múltipla, inventiva e potente, como todos nós, os seres humanos.

Bem vindos!




Com afeto, Cláudia Andrade

38 visualizações1 comentário

31 99966-5943 Whats app | 31 3681-3401

©2019 by Escola Jean Piaget. Proudly created with Wix.com