Buscar
  • Cláudia Andrade

A era dos ecossistemas

Estou empolgada com o tema porque sempre trabalhei junto. Adoro gente! Sou comunicadora e, na praia, sou daquelas que troca fácil fácil, uma volta de stand up, por uma roda de conversas na areia... por longas horas...

A Pandemia nos trouxe um letreiro piscante que diz: "NÃO ADIANTA FAZER SOZINHO!"

Não adianta eu fazer sozinha, em casa, com a louça que briga comigo na pia, me convidando a um duelo de 20 em 20 minutos... Vou pro round 1,2,3,4,5...10... e isso não para, porque a pia, sempre está cheia, de novo.

Quem mora comigo precisa precisa entrar nesse ringue também! Sozinha não dá! Ecossistema da casa...

Não adianta eu fazer sozinha a educação escolar das crianças. Mesmo conduzindo a JP, utilizando todo o meu conhecimento técnico, todo o meu amor e experiência adquirida ao longo de anos. Não bastou!

As famílias tiveram que entrar em campo e jogar o jogo pedagógico comigo e com as educadoras, percebendo o quão é desafiadora a escolha que fizeram ao terem os seus filhos e também, o quão é grandioso ver a sua criança descobrir as letras, descobrir a leitura ou descobrir que ousado escreve com S e não com Z...

O fazer junto, de novo! Ecossistema escolar...

Não adianta eu ficar em casa sozinho, se o meu vizinho sai todos os dias sem máscaras e faz ginástica na academia ao ar livre do bairro. Ele coloca em risco a vida dele, a minha e a de todas as pessoas do meu prédio, que moram ou trabalham no mesmo espaço quadrado. Ele nunca me deu bom dia no elevador, mas pode se transformar num homem bomba.

A gente precisa fazer junto! Ecossistema social...

Em tudo, a partir de agora, precisaremos estar juntos!

Você precisa do chef que fez a sua comida no restaurante, do entregador do Ifood que a transportou e do porteiro que a recebeu... Todos se cuidando e cuidando de você. Não é louco isso?

Ecossistema...

A farmácia precisa estar junto com você, o supermercado, a prefeitura, os correios, o motorista do Uber, o seu marido, o seu filho, a sua tia, a vendedora da loja de biscoitos, a gerente do banco....seja lá quem for! Todo mundo junto e misturado.

Agora um detalhe, fundamental: você está junto com você?

Tem gente que ainda não está nem consigo próprio. Aí vai explodir e não entender nada dessa nossa conversa... Vai ser ejetado do jogo: game over!

Fica bem contigo, pra ficar bem comigo...

E como ficar um pouco mais confortável no imprevisível? Contando com o outro, cuidando um do outro, fazendo junto com o outro.

Num futuro de incertezas, só uma coisa é certa: "Tudo que vive, não vive sozinho, nem para si mesmo!*" Fica a dica!


Forte abraço. Junto! Cláudia Andrade

*Léo Buscaglia


3 visualizações

31 99966-5943 Whats app | 31 3681-3401

©2019 by Escola Jean Piaget. Proudly created with Wix.com